Michael Jackson

Michael Jackson. Um grande cantor, o Rei do Pop, mas também o Rei da Dismorfia. Não há exemplo ‘melhor’ que Michael Jackson para representar a Dismorfia Corporal. Claro que temos outros nomes como a Sul-Coreana Hang Mioku e Jocelyn Wildenstein. Mas Michael Jackson fez muitas plásticas e transformações estéticas ao longo de sua vida. Além de serem várias, foram bem extremas.

Na Revista Veja de 1º de Julho de 2009, saiu uma reportagem grande sobre Michael Jackson, e sobre as transformações dele. Vou reproduzir aqui um trecho:

Michael Jackson tinha 25 anos, ainda morava com os pais. Já se vislumbravam ali os esboços da esquisitíssima, ambígua e desiquilibrada figura que ele viria a ser pelo resto da vida: nem preto, nem branco, nem homem, nem mulher, nem adulto, nem criança – ou, colocado de outra forma, preto, branco, homem, mulher, adulto e criança.

Jackson pai dizia que o filho-prodígio era feio, critivaca o rosto com espinhas e ria de seu nariz “enorme”. Nos “muito tristes” anos da puberdade, ele “chorava todos os dias”.

Jackson foi negro até estourar com Thriller, em 1983. A partir daí, dedicou-se ao projeto de ter o rosto ideal – o que, para ele, significava ter a pele clara, olhos amendoados, nariz afilado, fenda no queixo, sobrancelhas arqueadas e cabelo liso.

Apesar de todas as evidências, nas poucas vezes em que tocou no assunto admitiu ter se submetido a rinoplastias. Foram muitas, a ponto de a estrutura cartilagionsa do nariz ter dado lugar a uma prótese, que atrapalhava a respiração e ele tirava para dormir.

Eu estou lendo Michael Jackson – A Magia e a Loucura de J. Randy Taraborelli de quase 700 páginas. Não me interessa muito como foi a carreira de Michael Jackson desde sua infância, mas dessa forma tento entender um pouco como era o transtorno dismórfico corporal dele, como surgiu e como ele se sentia. Tento tirar alguma coisa boa pra mim com isso. Ainda estou na página 338 mas quando eu terminar pretendo comentar aqui no blog as partes que achei interessante.

13 ideias sobre “Michael Jackson

  1. Olá menina! Comecei a acompanhar seu blog ontém (24/10), ainda não li todos os posts, mas quero fazê-lo aos poucos. Já li sobre dismorfia, há alguns anos, até me identifiquei muito com alguns sintomas qdo li sobre o assunto pela primeira vez, mas ontém vieram à tona algumas emoções muito fortes e acho que tenho uma forma leve ou moderada de dismorfia. Sou bem mais velha que você e já fiz terapia algumas vezes, mas nunca com esse enfoque… Bem, é isso, agora vc tem uma nova seguidora/leitora do blog! Quarta feira tenho uma sessão com minha analista e vou abordar o assunto com ela. Vou procurar o livro que vc mencionou posts atrás: “De mal com o espelho”. Grande beijo prá você! Fique bem!

  2. Só queria dizer que Michael Jackson naum ficou branco pq quiz, ele ficou branco pq tinha vitiligo uma doença que provoca a despigmentação da pele!! Obg!

    • mas ele tb usava uma pomada pra clarear a pele. Ele podia ter a pele branca, mas ele ser totalmente branco não é só por causa do Vitiligo. Passou numa reportagem do fantastico um cara mostrando as pomadas que ele usava pra clarear a pele e tb fala sobreisso na biografia dele.

  3. Me desculpe, mas você acha que o Michael Jackson iria aparecer com manchas mais claras do que a cor de sua pele ? Ele não podia aparecer num show ou numa entrevista todo manchado né? Então, é claro que ele tinha que clarear a pele já qu ele tinha uma doença que fez isso começar a acontecer. Eu tenho certeza de que se não fosse essa horrivel doença ele não teria usado essas “pomadas” pra clarear mais rapido sua pele. Ele só fez isso porque não tinha mais jeito.

  4. Essa Veja é outra retardada, num sabe dos fatos e fica distorcendo as noticias, por isso num gasto um centavo com essa porcaria, num sei quem disse que o Michael considerava essa a aparecia perfeira, eu que achei que essas revistas tinham que ter fontes para passar, acho que a fonte da Veja esta num lixão, :@

  5. É piada ficar criticando Michael Jackson, por ele usar branqueador de pele.
    Michael tinha vitiligo que é uma doença em que ocorre a perda da pigmentação natural da pele, essa despigmentação ocorre geralmente em forma de manchas brancas. Michael tinha maior percentagem de manchas branca no corpo o mais natural seria clarear as manchas escuras para uniformizar o tom de pele.

    E porque NÃO criticam os que têm pele branca e querem ficar morenos usando inclusive autobronzeadores???
    Neste mesmo blog vejam esta matéria “Duas coisas que odeio em mim”
    Será que quem escreveu o artigo criticando Michael, por clarear a pele, é a mesma pessoa que ODEIA SER BRANCA e faz de tudo para escurecer a pele.!?

    “Coisa que eu odeio em mim número 2: Minha Cor

    Pra quem lê o blog de vez em quando não é novidade que eu odeio ser branca (já falei sobre isso aqui). Branca que eu digo é branca mesmo, pálida. Outro dia fui no Campo de Santana (ajudo os gatos abandonados de lá) e uma voluntária falou “vc é bem branca né, de longe tuas pernas parecem duas mandiocas”. Aham, bem legal teu comentário.

    Eu já usei autobronzeador (que vc lê aqui e aqui) mas no calor do Rio de Janeiro da muito trabalho, então parei de usar. Preciso ir a praia pra ficar bronzeada. Odeio usar roupa que apareçam minhas pernas pq elas são muito brancas. E usar calça é um calor do inferno aqui no Rio. Gosto do inverno (se bem que Rio de Janeiro não tem muito inverno) porque posso tapar com roupa essa brancura.

  6. Eu acredito que o Michael tinha vitiligo, aliás foi comprovado. Mas devido as enormes exigencias físicas da época ele não pode expor a doença a público. Hoje em dia devido aos avanços da medicina estética, onde todas as pessoas midiaticamente públicas parecem fisicamente perfeitas, as imperfeições estão sendo glamourizadas. Quem não acha adorável a Adele ser (e se manter!) gorda? A Rihanna permanecer com seus fortes traços negros, em especial seu nariz largo e sua boca carnuda, mesmo não sendo uma negra tão retinta? A glamourização dos cabelos crespos, das celulites e estrias, da pele negra, da baixa estatuta, etc. Hoje em dia as imperfeições e a negritude geram mídia, mas na época do Michael era a perfeição e a branquitude que dominavam a mídia. Foi conveniente para o racismo da época Michael embranquecer parte da pele que ainda se mantinha escura.

  7. Meu Deus ….. ainda tem pessoas que não entendem que Michael tinha vitiligo, e que a doença tomou 90% do seu corpo, então se ele passava creme ou maquiagem era pra igualar a sua pele (como qualquer um faria). Agora se ele fez plásticas e seja o que for, o problema era dele, o dinheiro era dele e eu não vejo problema algum. Quantas pessoas fazem intervenções no rosto ou corpo no mundo, acontece o tempo todo! Matéria idiota da Veja! Um lixo!!

    • O que está sendo colocado em questão é a busca pela imagem perfeita. Esse blog é sobre um transtorno que ele também tinha. Não é só sobre ele ter clareado a pele por conta do vitiligo.

Deixe uma resposta para jujuh2000 Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *