Anorexia em “Viver a Vida”

Nunca gostei de novela. Mas nas últimas 3 semanas de “Caminho das Índias” eu peguei gosto por assistir. Quando começou a “Viver a Vida” comecei a assistir desde o primeiro capítulo mas vários dias esquecia de assistir porque não tinha/tenho o hábito ainda.

Estou gostando de acompanhar o caso de Anorexia que está acontecendo na novela. Renata, interpretado por Bárbara Paz, que namora o personagem Miguel, um dos gêmeos.

No capítulo de hoje, ela foi comprar um biquini e quase brigou com a atendente quando perguntou qual o tamanho que ela usava. A Renata respondeu “P! P ou PP! Por que? Ta me achando gorda?” e a atendente respondeu que não, é que algumas pessoas gostavam de biquini mais folgado. Então Renata reclamou para amiga que era porque o namorado estava fazendo ela comer, então era certeza que ela tinha engordado.

Depois ela provou o biquini e ficou reclamando no espelho pra amiga que não gostou, que aparecia o culote e que ela estava gorda.

Nessa hora eu percebi como os dismórficos que se acham feios também vêem coisas que não existem. Até me vi no lugar dela naquele espelho, falando “Olhaaaaa o meu rosto que manchado! Preciso de pomadas com ácido pra trocar essa pele e maquiagem pra esconder tudo isso”. Ela não estava gorda, óbvio. Mas se eu fosse anoréxica como ela, eu também iria me achar gorda com aquele corpo. Do mesmo jeito que me acho feia com esse. Essas partes da novela me fazem refletir.

Eu acho ela muito bonita! Uma beleza exótica, diferente. Quando eu entrei na agência de modelo (para ler sobre isso clique aqui) falavam que eu tinha uma beleza exótica também. Pqorque meus olhos são bem grandes e verdes. Mas pra mim “exótico” era uma forma de dizer “feia” que não fosse grosseiro.

3 ideias sobre “Anorexia em “Viver a Vida”

  1. Oi menininha! Olha que coincidência esse post, tbm nunca gostei muito de novela, sempre preferi ler, mas essa eu tô seguindo por causa de dois personagens, e um deles é esse da Bárbara Paz. Tbm achei interessante vc mencionar o lance da beleza exótica, q como portadora de dismorfia você interpretava como “uma forma de dizer ‘feia’ que não fosse grosseiro”. O que é a nossa mente humana, não? Vou citar uma beleza exótica feminina que eu acho arrebatadora: Uma Thurman! Vc concorda que ela tem um nariz, no mínimo, singular? Pois é, e é linda, na minha opnião muito mais que Angelina Jolie, que é bem padrão… Prá citar uma beleza masculina exótica de tirar o fôlego (pelo menos o meu, que babo por ele!) dessa quarentona que vos fala, ELE: Benício del Toro! E não é interessante como eles lidam muito bem com suas aparências? Só queria concluir o comment c/ o seguinte: olha, menina, que bom que vc permanece em psicoterapia, pois é SUPER jovem, tenho certeza de que é linda (não fique c/ raiva de mim!), e pode recuperar a sua vida. Eu comecei e parei várias vezes e lamento profundamente por isso… Mas agora eu voltei, e vou permanecer (e vou me curar, mocinha, ah, se vou…), só que eu podia ter evitado muita dor se não tivesse interrompido tantas vezes! Te desejo toda a sorte do mundo e se quiser trocar @s comigo fique à vontade! Bom finde, bom feriadão! Keep walking, baby, hold on! Abs!

  2. Foi por acaso que encontrei esse blog,e de cara gostei. Desde que fiz 14 anos me acho feia de verdade, mesmo que os outros, até mesmo desconhecidos me elogiem.
    Isso realmente me incomodava, até o ponto que eu não liguei mais pra aparência. Não uso mais maquiagem, que junto com minha ansiedade detoram meu rosto.Não uso decotes,salto alto, enfim, essas coisas de menininha.
    Mas eu me sinto bem. Porque,de verdade, uma vez que você aprende a gostar de você mesma independente de como seu corpo está, a vida fica mais fácil.
    Claro que de vez em quando dá aqueles surtos de “ai meu Deus, que baleia”. Eu também parei de me olhar no espelho (só pra pentear o cabelo,dos quais eu realmente cuido), e não gosto de tirar fotos.Fora isso, sigo a vida normalmente.

    E pra falar a verdade, eu prefiro MIL VEZES a belza exótica. O padrão de beleza enjoa,cansa, é totalmente sem graça.Quem tem rosot exótico te surpreende, tira seu fôlego, e um certo misteriozinho sobre você te torna mais atratente!

    Beijos, parabéns pelo blog

  3. Minha mãe sempre me faz assistir a novela quando chega nessa hora, é um saco…
    Ter alguem todos os dias te mandando comer é realmente muito chato, mas é o que eu tenho que aguentar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *