Pense no que você tem em vez do que gostaria de ter

Uma das tendências mentais mais destrutivas e persistentes é enfatizar o que gostaríamos de ter, em vez do que temos. Não parece fazer qualquer diferença o muito que já possuímos: nós simplesmente temos tendência a expandir nossa lista de desejos, para garantirmos que não poderemos ser satisfeitos. O padrão mental que impõe “Serei feliz quando este desejo estiver realizado” é o mesmo que se repete assim que o desejo é alcançado.

Se não alcançamos nosso desejo nos fixamos no que não temos – e permanecemos insatisfeitos. Se atingimos o que queremos, simplesmente recriamos o mesmo pensamento numa nova circunstância. Então, mesmo obtendo o que queremos, permanecemos infelizes. A felicidade não pode ser encontrada quando estamos o tempo todo desejando novas metas.

Felizmente, há uma maneira de se alcançar a paz. Implica mudar a ênfase de nosso pensamento do que queremos para o que temos. Cada vez que você se perceber caindo na armadilha do “eu gostaria que a vida fosse diferente”, volte atrás e comece tudo de novo. Respire fundo e lembre-se que você ficará grato por isso. Quando você focaliza não o que deseja, mas o que tem, termina obtendo mais do que gostaria, de um jeito ou de outro.

Lembre-se de pensar mais a respeito daquilo que você tem do que daquilo que deseja. Se assim fizer, sua vida lhe parecerá melhor do que antes. Provavelmente pela primeira vez saberá o que quer dizer satisfação.

Fonte: Livro “Não faça tempestade em copo d’água” (Richard Carlson)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *